17 de abr de 2017

Rezando o Santo Rosário com crianças - Mistérios Gloriosos

Enviado por KARINNE SANTIAGO do GOC S. José e Sta. Terezinha de Goiânia/GO

Mistérios Gloriosos


1º Mistério - A ressurreição
Contemplamos a ressurreição de Nosso Senhor Jesus!


Vamos brincar de VIVO/MORTO, mas com uma diferença: sempre que o condutor da dinâmica disser VIVO as crianças respondem JESUS e quando disser MORTO, respondem PECADO. Puxe a brincadeira e repita algumas vezes, parem e rezem uma Ave-Maria, repita a brincadeira e rezem outra vez, até completar a dezena.

2º Mistério - A ascensão
Contemplamos a ascensão de Jesus ao Céu!


Jesus subiu aos céus. Vamos pegar dez gravuras de Jesus e fixar com durex ou fita crepe em balões murchos. A criança puxa a Ave-Maria e enquanto as demais respondem a oração, ela enche o balão e no final da oração solta, sem amarrar a boca do balão. A intenção é ver o balão subindo.
Pode-se usar gás hélio pra fazer com que as bexigas fiquem no alto ou fazer também a experiência da garrafa com vinagre e dentro do balão colocar uma colher de bicarbonato de sódio, prenda a boca do balão na boca da garrafa, levante o balão murcho e quando o bicarbonato entrar em contato com o vinagre, o vapor fará que o balão encha sozinho!


3º Mistério - A vinda do Espírito Santo
Contemplamos a vinda do Espírito Santo sobre Maria e os apóstolos reunidos no cenáculo!


Dinâmica das fitas. Leve uma pronta para contar às crianças que no dia de Pentecostes houve um grande barulho no céu e que todos que estavam reunidos no Cenáculo (os apóstolos de Jesus, sua Mãe, seus amigos...) Todos receberam do Céu uma força tremenda, que parecia uma língua de fogo e ficaram todos cheios do Espírito Santo, dando-lhes coragem para anunciar o nome de Jesus em todos os lugares... Tire de dentro de um bolso ou bolsa a sua fita e balance no alto sobre as cabeças das crianças. Rezem a dezena e ao final cada criança pode confeccionar a sua própria fita.

Vamos simular as fitas da ginástica rítmica

Materiais
Para cada criança: 1 pedaço de barbante, metade de uma folha A4 (sulfite, ofício) e 3 tiras de papel crepom nas cores, laranja, amarelo e vermelho para representar a língua de fogo.
Como fazer Dobre o papel A4 ao meio duas vezes, até obter uma tira mais resistente, pegue as três pontas das três tiras do papel crepom e dobre junto ao papel A4, depois amarre o barbante deixando-os presos, deixe uma ponta do barbante maior, para que possa dar mais movimento na hora da brincadeira. Se as crianças forem menores, corte as tiras de papel crepom ao meio, ou de um tamanho compatível a elas. Também dá pra fazer colando as fitas com fita crepe na ponta de um palito de algodão doce. * Aqui nesse vídeo você aprende como fazer um balangandã: https://youtu.be/Jtds-GsQFsg


4º Mistério - A assunção
Contemplamos a assunção de Maria ao céu!


Este mistério, podemos rezar da seguinte forma: forme no chão um terço com dez imagens de Maria. Pode até escolher títulos diferentes e dizer às crianças que todas Nossas Senhoras são a mesma Mãe de Deus e do seu jeito explicar brevemente às crianças que seus nomes diferentes estão relacionados à comemorações litúrgicas ou aos lugares onde ela apareceu ou ainda à devoção popular. Para rezar o terço fale que Nossa Senhora foi assunta ao céu, diferente de Jesus que subiu sozinho na frente de seus amigos. Maria Santíssima foi levada por anjos ou pelo nosso próprio Senhor Jesus. A criança que puxa a Ave-Maria retira uma imagem do chão e cola na parede, ou um outro lugar mais alto preparado pelo evangelizador, fazer o mesmo com as dez imagens.

5º Mistério - A Coroação
Contemplamos a coroação de Nossa Senhora como Rainha dos Céus e da terra!


Podemos rezar fazendo uma representação da coroação de Nossa Senhora: à medida que rezamos cada Ave-Maria as crianças podem ir colocando sobre a imagem o véu, a coroa, flores, cantar para Nossa Senhora...

Podemos rezar também entregando rosas (também pode ser estrelas) à Nossa Senhora montando um buquê ou a mesma rosa passa pela mão de cada criança que puxa a Ave-Maria até que se complete a dezena.


Sugerimos a leitura da CARTA APOSTÓLICA ROSARIUM VIRGINIS MARIAE DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II


*Arquivo completo para imprimir AQUI
*Todos os mistérios AQUI

Feliz Páscoa!


O mesmo Espírito que ressuscitou Jesus dos mortos habita em nós e vivificará os nossos corpos por uma comum ressurreição! Aleluia!

13 de abr de 2017

Rezando o Santo Rosário com crianças - Mistérios Dolorosos

Enviado por KARINNE SANTIAGO do GOC S. José e Sta. Terezinha de Goiânia/GO


Mistérios Dolorosos

1º Mistério - A agonia
Contemplamos a agonia de Jesus quando suou sangue no horto!

Desenhe o Rosto de Jesus em um pedaço de cartolina ou papel de espessura mais firme. Em outro papel de cor vermelha, recorte gotinhas e a cada Ave-Maria, vamos colando as gotinhas sobre o rosto de Jesus desenhado.
Fale com as crianças sobre o amor de Jesus! Ele sofreu muito, mais muito mesmo, e só foi firme na vontade do Pai até o fim porque nos ama e nos quer livres de todo o pecado.

2º Mistério - A flagelação
Contemplamos a flagelação de Jesus atado à coluna na casa de Pilatos!

Encha balões pretos, e diga às crianças que todo sofrimento de Deus foi para nos perdoar dos pecados. A criança que pegar o balão deverá estourá-lo com as mãos, coloquem dentro de cada balão um recorte de coração. A criança também deverá pedir desculpas a Jesus pelos seus pecados e puxa a Ave-Maria.


3º Mistério - A coroação
Contemplamos a coroação de Espinhos de Nosso Senhor!

Em palitos de dente, cole uma flor, e com uma bola de isopor de tamanho grande ou médio, confeccione um rosto, estilo fofuxos, isopor e E.V.A, pelo youtube se encontra as instruções de como fazer, ou, use sua criatividade. Quando for rezar, peça a cada criança para lembrar de um pecado, não precisa expor a criança, que ela lembre e fique somente em pensamento. Fale para a criança pedir perdão a Jesus e que a dor que ela o fez com seu pecado, pelo seu arrependimento se transformará em flor, a criança espeta o palito na testa do boneco, e puxa a Ave-Maria.

DIY - Como fazer um fofucho anjinho em EVA
Este tutorial ensina a fazer um anjinho, mas você pode transformá-lo em Jesus, mudando as cores e detalhes, tirando as asas...

4º Mistério - A subida do Calvário
Contemplamos a Subida de Jesus para o Calvário!


Entregue a cada criança uma Cruz, pode ser feita de palitinhos de picolé, a primeira criança, pega sua cruz, puxa a Ave-Maria, e volta para seu lugar com sua cruz, chame uma por uma até completar as dez. Se seu grupo estiver com mais de dez crianças, na última, chame todas que ainda não foram.

Obs.: Essa cruz de palitinho, no final do encontro, a criança a levará para casa. Você pode aproveitar para escrever uma palavra que confirme, no coração dos responsáveis daquela criança, o amor de Deus.

5º Mistério - A morte
Contemplamos a Crucificação e morte de Nosso Senhor Jesus!

Penso que quando Jesus deu seu último suspiro, houve um grande silêncio no céu. Neste mistério podemos rezar as Ave-Marias somente com os gestos, em silêncio.


Sugerimos a leitura da CARTA APOSTÓLICA ROSARIUM VIRGINIS MARIAE DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II




*Arquivo completo para imprimir AQUI
*Todos os mistérios AQUI

Paixão, morte e ressurreição de Jesus - vídeos

CLIPES - Cantinho da Criança

12 de abr de 2017

Rezando o Santo Rosário com crianças - Mistérios Luminosos

Enviado por KARINNE SANTIAGO do GOC S. José e Sta. Terezinha de Goiânia/GO

Mistérios Luminosos

1º Mistério - O Batismo
Contemplamos o batismo de Jesus é batizado no Rio Jordão!


Leve uma bacia com água e um boneco que possa molhar, fale às crianças sobre o batismo de Jesus, como foi que aconteceu, e que quando nos somos batizados, somos também anunciados a igreja como filhos de Deus e membros da Santa Igreja. Recebemos os dons de Deus para usarmos como Jesus também usou.
Entregue a cada criança uma flor (Vitória- Régia). É uma flor feita de papel com as pétalas dobradas, quando ela é colocada na água, as pétalas vão se abrindo. E pode-se ver o que tem escrito dentro de cada flor, sugiro que sejam escritos os frutos do Espírito Santo. A criança coloca sua flor na bacia com a água, puxa a oração e fica por perto esperando que sua flor se abra, enquanto isso, as demais também vão rezando até completar a dezena.


2º Mistério -  O primeiro Milagre
Contemplamos o primeiro milagre de Jesus nas Bodas de Caná!

Conte resumidamente a história do Casamento que faltava vinho e explique para as crianças que o vinho era muito importante naquela época, era um sinal de respeito para os noivos, e que por isso, Maria, mãe de Jesus o pediu para fazer um milagre.
Dinâmica: Entregar a cada criança um copo vazio e os pedirem para ir buscar um pouco de água, a metade do copo. Peça-as que fechem os olhos para que a fé os mostre o milagre. Enquanto eles estiverem com os olhos fechados, passe colocando um pouco de suco de uva em cada copo. Ao fim, as crianças podem abrir os olhos e ver que a água no copo delas também mudou de cor. Estimule as crianças a pedir um milagre a Deus; por nossa Santa igreja, pelo Papa, por nossas famílias, pelas crianças abandonadas... E reze com muita fé junto com todos os pequenos uma dezena do terço.
- Quando o grupinho tiver só meninas, podemos brincar de jogar o buquê. Já fiz algumas vezes e elas amaram. Junte um ramo de flores, uma criança joga o buquê, a que pegar, puxa a Ave-Maria. Você pode também, dar um jeitinho de aderir os meninos, estimulando brincadeiras santas. Que tal os meninos serem os padres deste casamento?
As crianças podem brincar de santa missa também, não precisam brincar só de casinha, e carrinho. Temos outra vocação que precisa ser incentivada com muito amor e zelo!

3º Mistério - O anúncio do Reino de Deus
Contemplamos Jesus anunciando o reino dos Céus e pregando seus ensinamentos!

Precisamos ser como Jesus! O evangelizador se aproxima de uma criança e lhe diz algo que Jesus diria, aquele pequeno puxa a Ave-Maria, depois esta criança vai até outra criança e diz também pensando no que Jesus diria, e assim sucessivamente. Se seu grupo tiver mais de dez crianças, na última, todas vão de encontro a alguém e reze a última Ave-Maria todos juntos.
O ideal, é que essas palavras sejam espontâneas. Evangelizador fique atento, o coração de criança muito sensível a Palavra de Deus, tome posse de cada profecia que eles proclamarem. Mas, se por acaso, ficarem acanhados, sem saber o que dizer, ensine como Jesus fez a nós.

Podemos brincar também neste mistério de telefone sem fio. Faça uma fila com as crianças, a primeira puxa a Ave-Maria e anuncia uma boa notícia no ouvido do colega, que passará até o último, ao fim, se confere a palavra, e o primeiro vai para o final da fila, dando vez ao segundo que puxará a próxima Ave-Maria, assim até completar a dezena!

4º Mistério - A transfiguração
Contemplamos a transfiguração de Jesus no monte Tabor!

Leve ao grupinho, um pedaço grande de TNT na cor preto, que seja possível fazer uma cabaninha onde caibam dentro, todas as crianças. Você pode usar barbantes, e o espaço da sua sala a seu favor, ou então, somente peça às crianças que possam ir segurando sobre suas cabeças o TNT. Outra pessoa, por fora da cabaninha, com uma lanterna começa a iluminar, mostrando às crianças que a luz ultrapassa a escuridão. Que mesmo na noite, a Luz de Jesus é mais forte e que não precisamos temer a escuridão, porque Deus é a nossa Luz. E reze a dezena dentro da cabaninha.

5º Mistério - A Eucaristia
Contemplamos a Instituição da Santa Eucaristia!

Conte às crianças algum milagre eucarístico, simule algum com as crianças em forma de teatrinhos rápidos... Leve pãezinhos, fale que aquele pão não é Jesus, porque precisa de um padre para mudar o pão e o vinho em corpo e sangue de Cristo. Mas, já que estamos no grupinho de oração, vamos lembrar da Santa Missa, e pedir a Deus que conserve cada coraçãozinho para o dia que for receber Jesus. Vá entregando o pão um por um, e a medida que se entregado, a criança puxa a Ave-Maria.


Sugerimos a leitura da CARTA APOSTÓLICA ROSARIUM VIRGINIS MARIAE DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II

*Arquivo completo para imprimir AQUI
*Todos os mistérios AQUI



Rezando o Santo Rosário com crianças - Mistérios Gozosos

Enviado por KARINNE SANTIAGO do GOC S. José e Sta. Terezinha de Goiânia/GO

A paz do Menino Jesus e o amor de Maria!
Este pequeno manual de dinâmicas tem como objetivo incentivar a criatividade durante a meditação d e cada mistério do Santo Rosário com nossos pequenos. Sabemos o quão difícil é prender a atenção das crianças por um tempo maior, e tendo em vista a acessibilidade de cada criança de acordo com sua faixa etária, no entanto não podemos esquecer de como é importante que desde pequenos já tenham devoção e amor à Nossa Mãezinha do Céu. Nossa Senhora sempre se mostrou aos mais pequenos: em Fátima, em Lourdes, em Salette... O Salmo já nos adverte que é da boca das crianças e dos pequenos que procede o perfeito louvor que dissipa as trevas e reduz ao pó nossos inimigos (Salmo 8, 3).
Não há como resistir a oração de uma criança!!!
“Se um milhão de crianças rezarem o terço juntas, o mundo mudará”
São Pio de Pietrelcina

Como é lindo ver crianças rezando!
Porque então não rezarmos na linguagem que a criança entende e se desenvolve? Ou seja, brincando!
Podemos marcar a infância das nossas crianças com orações prazerosas. Que elas, depois de grandes, se lembrem e sintam uma alegria enorme ao rezar!
Nossa experiência de oração do terço com as crianças em Goiânia tem dado certo.
Começamos a rezar o terço com as crianças a partir de uma experiência Mariana do meu anterior ministério, “Palhacinhas da Fé”, em que cada participante já vivenciava uma profunda e singela devoção à Mãe de Deus. Trabalhamos além do terço, os títulos marianos com contações de histórias e desenhos para colorir. Rezamos o terço nos grupos de oração infantil, em nossos congressinhos, encontro de carnaval com Cristo e outros momentos de evangelização.
Costumamos fazer da seguinte forma: em cada encontro semanal, grupinhos de oração, rezamos uma dezena do terço. E nos encontros maiores, retiros e congressos, por exemplo, dividimos os mistérios no decorrer do cronograma, não aconselhamos rezar todo o rosário de uma única vez, fica cansativo para as crianças, mas também dependerá da sua realidade e sua criatividade. Os cenáculos Marianos cabe-se rezar todo o rosário de forma que a criança gaste sua energia de forma positiva em oração!
Assim como as pregações para as crianças precisam ser audiovisuais, ou seja, elas precisam ver, às vezes até tocar para entender o ensinamento, com os mistérios do Rosário, fazemos o mesmo, tentando mostrar às crianças, na linguagem delas, o que estamos contemplando. Tentando mostrar os mistérios da nossa redenção.
Como escrito inicialmente, são apenas formas que já rezamos e deu certo, mas a cada encontro, pedimos a Deus uma nova inspiração, onde poderemos juntos com nossas crianças rezar e alcançar as virtudes da oração do Santo Rosário.
Agradeço este projeto ao Ministério para Crianças Palhacinhas da Fé (Goiânia/GO), pois aprendi junto a crescer na Fé em Deus pela devoção à Maria, e a cada criança que já tive a oportunidade de conhecer, por meus intercessores mirins!
Karinne Santiago
Codinome: Ternnura de Maria!
Mistérios Gozosos

1º Mistério - A anunciação
Contemplamos a anunciação do Anjo Gabriel a Nossa Senhora!

No espaço onde é o grupo de oração, ou em um espaço maior, prepare um canto do espaço para ser o “quarto” de Maria, coloque uma jarro de flor no em um canto da salinha e escreva em um cartaz “Casa de Maria” onde também estará a imagem da Mãe de Deus e nossa. As crianças irão brincar de ser anjos, aquele que chegar primeiro até a imagem de Maria, puxa a Ave-Maria. Voltam todos para os lugares e assim, rezam até completar as 10 Ave-Marias do mistério.
Conte às crianças com muito entusiasmo sobre o pedido que Deus Pai fez ao arcanjo Gabriel de ir até à casa de Maria. Como deve ter se sentido o arcanjo? Feliz? Sentindo uma imensa gratidão? Qual seria a emoção de ir à casa de Maria e anunciar a vinda do Salvador? Eu também queria ser esse anjinho!!!

Indico aos evangelizadores a pregação do Juninho Cassimiro sobre a anunciação do Anjo Gabriel a Nossa Senhora: https://www.youtube.com/watch?v=eFtB5Eyvu9o

2º Mistério - A visitação
Contemplamos a visita de Nossa Senhora a sua prima Santa Isabel!

Neste mistério, vamos rezar fazendo um percurso até a casa de Santa Isabel! Vamos criar um caminho de obstáculos. Use aquilo que você tem. Tudo pode entrar em cena: cadeiras, mesas, árvores, almofadas, corredores, pneus, corda... Só certifique-se de que os objetos não trarão risco às crianças e evangelizadores. Crie um caminho e incentive a imaginação! “Crianças! Agora vamos subir essa montanha e depois atravessar aquele rio nadando, mas não fiquem com medo, se nos sentirmos cansados, Deus renova as nossas forças, vamos pedir a Deus que nos ajude, por intercessão da Virgem Maria.” Durante o percurso, rezar a dezena.
3º Mistério O nascimento
Contemplamos o Nascimento de Jesus em Belém!

Vamos montar um presépio?
Você pode fazer de várias formas na hora com as crianças: com material reciclável, em forma de quebra-cabeça... e a medida que você vai montando, vai rezando a dezena com os pequenos.

^

4º Mistério - A apresentação
Contemplamos a apresentação do Menino Jesus no templo!

Construir um painel com o desenho de uma igreja e, em outro material, desenhar dez bebês, na medida em que cada criança puxa a Ave-Maria, ela fixa o desenho do bebê na igreja.
O painel pode ser feito em cartolina, E.V.A, tecidos... Basta usar sua criatividade e aquilo que você tem na sua própria casa!

5º Mistério - O encontro
Contemplamos a perda e o encontro com o Menino Jesus no templo!

Jesus foi encontrado por seus pais no templo, ensinando aos doutores da lei. Todos nós somos da família de Jesus Cristo, então vamos também encontra-lo em nossa vida?!
Brevemente, falar com as crianças onde e como podemos encontrar Jesus. E que por mais difícil que esteja de o encontrar, devemos ter a certeza que em nosso coração Ele sempre está.
Brincadeira: O evangelizador esconde uma imagem dentro da salinha onde é o encontro com as crianças, a criança que achar primeiro, puxa a Ave-Maria.
Repetir a brincadeira dez vezes.


Sugerimos a leitura da CARTA APOSTÓLICA ROSARIUM VIRGINIS MARIAE DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II

*Arquivo completo para imprimir AQUI
*Todos os mistérios AQUI


11 de abr de 2017

Mobilização Nacional de Oração - Abril/17

A Mobilização Nacional de Oração deste mês de abril será direcionada pela carta da presidente do Conselho Nacional da RCC:


CARTA À RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DO BRASIL

Doc. 01/2017
Vitória/ES, 31 de março de 2017.

Queridos irmãos e irmãs, amada família carismática, que a paz de Jesus esteja em plenitude com cada um de vocês!
Ao escrever esta carta, tenho um profundo sentimento de gratidão por tudo que vivemos em Duquesne/Pensilvânia, nos Estados Unidos, durante a conferência em comemoração ao Jubileu de Ouro da RCC no mundo, que aconteceu entre os dias 15 e 19 de fevereiro de 2017, data que marca os cinquenta anos do “Final de Semana de Duquesne”, quando teve início a Renovação Carismática Católica.
Gratidão que se redobrou também pelos muitos eventos e “grupos de oração de ouro”, que aconteceram em todo Brasil, como uma referência ao nosso sentimento brasileiro: “Duquesne é aqui!”– vivemos em nossa nação um verdeiro Pentecostes! Foram dias de muitas bênçãos e de muitas graças. Dias para louvar a Deus por estes cinquenta anos de caminhada, mas também dias para escutarmos de Deus o direcionamento para o caminho que temos à nossa frente. Um caminho ainda não percorrido no qual desejamos que cada passo que dermos seja conduzido pelo Espírito Santo.

9 de abr de 2017

Salmos para colorir




As lições do Domingo de Ramos

POR PROF. FELIPE AQUINO

A Semana Santa começa no Domingo de Ramos, cuja liturgia celebra a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém montado em um jumentinho (o símbolo da humildade), que é aclamado pelo povo simples. As pessoas O aplaudiam como “Aquele que vem em nome do Senhor”; esse mesmo povo que O viu ressuscitar Lázaro de Betânia poucos dias antes, estava maravilhado, e tinha a certeza de que este era o Messias anunciado pelos profetas. Porém, pareciam ter se enganado no tipo de Messias que o Senhor era. Pensavam que fosse um Messias político, libertador social, que fosse arrancar Israel das garras de Roma e devolver-lhe o apogeu dos tempos de Davi e Salomão.
Para deixar claro a esse povo que Ele não era um Messias temporal e político, um libertador efêmero, mas o grande libertador do pecado, a raiz de todos os males, então, Cristo entra na grande cidade, a Jerusalém dos patriarcas e dos reis sagrados, montado em um jumentinho; expressão da pequenez terrena, pois não Ele é um Rei deste mundo!
Dessa forma, o Domingo de Ramos é o início da Semana que mistura os gritos de “Hosana” com os clamores da Paixão de Cristo. O povo acolheu Jesus abanando seus ramos de oliveiras e palmeiras. Os ramos significam a vitória: “Hosana ao Filho de Davi: bendito seja o que vem em nome do Senhor, o Rei de Israel; hosana nas alturas”. Hosana quer dizer “salva-nos!”.
Os ramos santos nos fazem lembrar que somos batizados, filhos de Deus, membros de Cristo, participantes da Igreja, defensores da fé católica, especialmente nestes tempos difíceis em que ela é desvalorizada e espezinhada.
Os ramos sagrados que levamos para nossas casas, após a Santa Missa [do Domingo de Ramos], lembram-nos de que estamos unidos a Cristo na mesma luta pela salvação do mundo, a luta árdua contra o pecado, um caminho em direção ao Calvário, mas que chegará à Ressurreição.
Leia também: Domingo de Ramos
O sentido da Procissão de Ramos é mostrar essa peregrinação sobre a terra que cada cristão realiza a caminho da vida eterna com Deus. Ela nos recorda que somos apenas peregrinos neste mundo tão passageiro, tão transitório, que se gasta tão rapidamente. Mostra-nos que a nossa pátria não é neste mundo, mas na eternidade, que aqui nós vivemos apenas em um rápido exílio em demanda pela casa do Pai.
A entrada “solene” de Jesus em Jerusalém foi um prelúdio de Suas dores e humilhações. Aquela mesma multidão que O homenageou, motivada por Seus milagres, agora Lhe vira as costas e muitos pedem a Sua morte. Jesus, que conhecia o coração dos homens, não estava iludido. Quanta falsidade nas atitudes de certas pessoas! Quantas lições nos deixam esse dia [Domingo de Ramos]!
O Mestre nos ensina com fatos e exemplos que o Seu Reino, de fato, não é deste mundo. Que ele não veio para derrubar César e Pilatos, mas para derrubar um inimigo muito pior e invisível, o pecado.
A muitos o Senhor decepcionou; pensavam que Ele fosse escorraçar Pilatos e reimplantar o reinado de Davi e Salomão em Israel; mas Ele vem montado em um jumentinho frágil e pobre. “Que Messias é este? Que libertador é este? É um farsante! É um enganador, merece a cruz por nos ter iludido”, pensaram. Talvez Judas tenha sido o grande decepcionado.
O Domingo de Ramos ensina-nos que a luta de Cristo e da Igreja, e consequentemente a nossa também, é a luta contra o pecado, a desobediência à Lei sagrada de Deus que hoje é calcada aos pés até mesmo por muitos cristãos que preferem viver um cristianismo “light”, adaptado aos seus gostos e interesses e segundo as suas conveniências. Impera como disse Bento XVI, a ditadura do relativismo.
Prof. Felipe Aquino