31 de mar de 2016

GOI Querigma da Misericórdia: Fé e Conversão

Responsáveis: Daniela Lopes / Graziela- Uberlândia/MG


Acolhida: Receber as crianças com alegria e muita animação. Cantar e em seguida fazer uma oração de entrega. Pode ser rezado uma dezeninha do terço utilizando um flanelógrafo.
Louvor: Deus é mesmo muito bom pra nós. Nos deu um mundo maravilhoso para vivermos. Nos deu uma família e amigos fantásticos. Vamos louvar e agradecer a Ele por todas as coisas e especialmente pelo que Ele é pra nós. (pode levar uma imagem de Deus pai com uma criança e de Jesus pastor. Cada criança deverá louvar a Deus por sua criação e a Jesus pelo que Ele é pra ela...EX: Deus paizinho te louvo por que criaste minha família...vJesus te louvo porque és meu pastor, meu salvador...)

Efusão: (preparar 1 garrafinha com vinagre. Tampá-la com um balão contendo bicarbonato... fazer a dinâmica e na hora certa balançar o balão para que o bicarbonato caia no vinagre). Olha essa garrafinha aqui crianças. O que estão vendo? Um balão. O balão está cheio ou murcho? Esse balão murcho representa cada um de nós quando acordamos e começamos a reclamar de tudo. Parece que nada está bom. Criança que reclama demais e é triste com a vida é uma criança bola murcha. Mas a criança que acorda, clama o Espírito Santo de Deus (ir mexendo o balão para que ele encha) é diferente...opa o que está acontecendo. Vem Espírito de Deus...nossa a criança que clama o Espírito de Deus, que louva ela é diferente, ela é bola cheia... Vocês querem ser bola cheia ou bola murcha? Então vamos pedir que o Espírito de Deus nos faça diferente.... (conduzir a efusão)

30 de mar de 2016

Crescer misericordiosos como o Pai

Tema_RCC_2016.png

O Ministério para Crianças, atendendo ao pedido do Papa Francisco, também quer celebrar o Jubileu da Misericórdia com os adolescentes! Por isso, organize em sua paróquia, região, diocese um encontro para os adolescentes! Abaixo tem algumas sugestões de como realizar esse encontro. É bom que tenha sacerdote(s) disponível para ouvir os adolescentes em confissão e se for possível, ao final, fazer a passagem pela Porta Santa. 

Você pode baixar esse arquivo em PDF AQUI


Subsídio para Encontro de Adolescentes

Entre as novidades deste Ano Santo da Misericórdia, está o Jubileu dos Adolescentes, que será celebrado nos dias 23 e 24 de abril e voltado à faixa etária dos 13 aos 16 anos de idade. Aos jovens, Francisco explica que o Jubileu é um período santo de reflexão e de descoberta. “Viver como irmãos – diz o Papa - é uma grande festa, a mais bela que se pode sonhar, a festa sem fim que Jesus nos ensinou a cantar através do seu Espírito.” O tema escolhido para o Jubileu dos Adolescentes é também uma oração da Igreja aos jovens de todo o mundo. “Crescer misericordiosos significa aprender a ser corajosos no amor prático e desinteressado, significa tornar-se grande tanto no aspecto físico, como no íntimo de cada um. Estejam preparados para tornarem-se cristãos capazes de escolhas e gestos corajosos, capazes de construir cada dia, mesmo nas pequenas coisas, um mundo de paz”, afirma o Papa. Francisco reconhece, no entanto, o período de mudanças que ocorre na vida dos adolescentes. Apesar disso, ele pede a eles que “permaneçam firmes no caminho da fé, com esperança no Senhor”. “Com Ele – ressalta o Pontífice -, podemos fazer coisas grandes; Ele nos fará sentir a alegria de sermos seus discípulos, suas testemunhas. Apostem nos grandes ideais, nas coisas grandes.”
Uma programação especial está sendo preparada para os adolescentes inscritos para participar das celebrações do Jubileu, como o Sacramento da Reconciliação e a passagem pela Porta Santa, além da missa com o Papa Francisco na Praça São Pedro. 

Mensagem do Papa Francisco ao Jubileu da Misericórdia dos Adolescentes


“CRESCER MISERICORDIOSOS COMO O PAI”

Queridos adolescentes!
A Igreja está a viver o Ano Santo da Misericórdia, um tempo de graça, paz, conversão e alegria que abrange a todos: pequenos e grandes, próximos e afastados. Não há fronteiras nem distâncias que possam impedir à misericórdia do Pai de nos alcançar, tornando-se presente no meio de nós. A Porta Santa já está aberta em Roma e em todas as dioceses do mundo.
Este tempo precioso abrange também a vós, queridos adolescentes, pelo que me dirijo a vós para vos convidar a participar nele, a tornar-vos seus protagonistas descobrindo-vos filhos de Deus (cf. 1 Jo 3, 1). Gostaria de vos convidar um por um, gostaria de vos chamar pelo nome, como faz Jesus cada dia, porque – como bem sabeis – os vossos nomes estão escritos no Céu (Lc 10, 20), esculpidos no coração do Pai, que é o Coração Misericordioso donde nasce toda a reconciliação e toda a doçura.

2º Domingo da Páscoa - atividade

47- 2º PASCUA - UNICO.jpg

29 de mar de 2016

Novena de Pentecostes - 1º dia

O ESPÍRITO SANTO NO SEIO DA SANTÍSSIMA TRINDADE


Para todos os dias
1 - Canto (Sugestão - Espírito de Deus - CD Deus me ama - Kerissein Jr.)
2 - Oração ao Espírito Santo (abaixo)
3 - Leitura Bíblica
4 - Partilha
5 - Atividade
6 - Canto (Sugestão - Vem sobre mim - CD Pescadores Kids - Volume 2)
7 - Oração final (abaixo)


LEITURA BÍBLICA - Mateus 3, 13-17

Deus é um só, mas tem 3 modos de ser, de existir. Da única essência, da única natureza divina, participam três pessoas. Essas pessoas são absolutamente iguais quanto à natureza, à essência, à onipotência e à santidade, mas são diferentes porque uma não é a outra. No batismo de Jesus essas três pessoas se manifestam a nós: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.
Cada uma tem uma missão diferente: o Pai é o CRIADOR de todas as coisas, é o nosso PAI que vive no Céu. Ele é o que AMA. O Filho é o que veio ao mundo para nos SALVAR. Ele é o AMADO.
O Espírito Santo é o que nos SANTIFICA, vive em nosso coração para nos ajudar a fazer o que é certo. Ele é o AMOR. 
A isso chamamos de MISTÉRIO DA SANTÍSSIMA TRINDADE. E mistério é mistério! Se conseguirmos explicar deixa de ser mistério, mas tem mistérios que são “mais misteriosos” que os outros, né?

Três pessoas = Um Deus
Esse já é um mistério e tanto! Das 3 pessoas, porém, a mais “misteriosa” é o Espírito Santo porque Ele não tem um rosto (como o de Jesus), não tem uma imagem, uma ideia que fazemos dele (como a que fazemos do Pai), mas o Espírito Santo é a pessoa da Santíssima Trindade mais íntima e próxima de nós. Realmente, o Espírito Santo vem até nós de modo tão suave, tão “interior”, que acabamos tendo mais dificuldade em entendê-lo, mas não há nenhum mal nisso. O que não podemos é deixar que essa dificuldade nos faça rejeitá-lo, deixá-lo “de lado” em nossas orações.
Foi o próprio Deus quem tomou a iniciativa de se revelar a nós porque é da vontade Dele que nós O conheçamos e O amemos em suas 3 maneiras de ser. Pois quanto mais O conhecemos, mais O amamos e compreendemos Seu plano amoroso e suas intenções para nossa vida!

Para falar da Santíssima Trindade

DINÂMICA

Coloque uma jarra com água (o suficiente para encher os 3 copos) e 3 copos vazios com etiquetas escritas Pai, Filho e Espírito Santo (uma para cada copo) sobre a mesa. Diga que faremos uma comparação - a água é Deus. Se nós dividirmos a água em três partes iguais, ela continua sendo água. As 3 pessoas da Santíssima Trindade separadas continuam sendo Deus.Unidos ou separados, os três se amam tanto que o amor os une e os faz iguais entre si. Coloque a água de volta na jarra e partilhe com as crianças: Há alguma diferença entre as águas que colocamos na jarra? Onde começa uma e termina a outra? Quem é quem?
Assim é a Santíssima Trindade: união de puro amor e os três trabalhando juntos para que nós façamos tudo com amor.



Livro do Papa Francisco para crianças


Sabe aquele livro que comentei aqui há alguns dias?

Ele está à venda na loja virtual da Canção Nova, é só acessar: 
http://loja.cancaonova.com/products/34651-livro-querido-papa-francisco

Também nas livrarias católicas de todo o Brasil

27 de mar de 2016

Feliz Páscoa!


Fonte: ACI Digital

Hoje é o dia em que a Igreja Católica celebra o sentido da Fé, porque festeja o Domingo da Ressurreição de Jesus ou a Páscoa, quando Cristo triunfante sobre a morte abre as portas do céu.
Durante a Missa, acende-se o círio pascal que permanecerá aceso até o dia em que se comemora a Ascensão de Jesus ao céu. 
Esta festa celebra a derrota do pecado e da morte pela a ressurreição. Todo o sofrimento temporal adquire sentido com a vida eterna.
É um dia de festa e alegria, Cristo ressuscitou, o túmulo está vazio, a humanidade está salva, agora é hora de abraçar esta salvação testemunhando uma verdadeira vida cristã.
Acompanhe também nosso recurso sobre a Semana Santa: http://www.acidigital.com/fiestas/semanasanta/

24 de mar de 2016

Apostila pronta!

Está pronta a 2ª apostila com sugestões para grupinhos de oração! Aproveitando o Tempo Pascal, nesta apostila os temas são:

1 - Ressurreição (Páscoa)
2 - Jesus a Tomé: não sejas incrédulo!
3- Apascenta as minhas ovelhas!
4 - As minhas ovelhas ouvem a minha voz







21 de mar de 2016

GOC Tema: Páscoa (Símbolos)

Responsável: Daniela Lopes - Uberlândia/MG

Acolhida: (se quiser pode usar uma imagem de Cristo ressuscitado ou o flanelógrafo da ressurreição) Boa noite amiguinhos. Hoje é um dia muito especial. Estamos chegando perto de uma data importante. Alguém sabe qual? A páscoa. Neste domingo entramos na semana santa. Semana que nos prepara para celebrarmos a Páscoa. Alguém sabe o que é páscoa? Páscoa significa passagem... Cristo vai da morte a vida trazendo também para nós mudanças... Temos que sair da morte, da tristeza, do abatimento e vir pra vida. Vida em abundância, feliz, agradecidos a Deus. Vamos nos apresentar a Deus e pedir que tudo em nós seja transformado? Que as tristezas se tornem alegrias, que a mágoa de espaço ao perdão, que a raiva de lugar ao amor. Finalizar com um pai nosso e uma ave Maria.

(outra sugestão é levar um coelhinho de verdade) Vocês conhecem esse animalzinho? É um coelho. Porque ele é um símbolo da páscoa? Por que ele gera muitos filhos... lembra vida nova...vida que Deus quer pra cada um de nós. Coelho bota ovo? Não. O ovo também é um símbolo porque dentro dele está sendo gerada uma vida. Jesus quer nos dar vida nova nessa páscoa.

Perdão: (esse será o ultimo grupinho antes da páscoa então sugerimos um momento de perdão) Jesus nessa páscoa quer nos dar vida nova. Precisamos esperar o dia da páscoa com o coração limpo. (montar uma pedra com bola de isopor e por um coração dentro) Deus quando nos criou, nos deu um coração limpinho e maravilhoso, mas vamos crescendo e desobedecendo o papai e a mamãe, vamos contando uma mentirinha, ficando com raiva do irmãozinho, brigamos com o coleguinha e nosso coração vai ficando duro como uma pedra. Será que podemos continuar assim? Não. Precisamos pedir que Jesus venha nos dar um coração novo, manso e humilde. (conduzir uma oração de perdão)

Dicas para contar histórias



Contar uma história não é algo simples... Não se pode contar uma história de qualquer jeito. Para se prender a atenção dos espectadores e fazer com que eles compreendam e tirem uma lição ou experiência da história torna-se necessário obter algumas habilidades... Trechos do livro "Dinâmicas para Contar Histórias" de Rogério Bellini, Edições Paulinas (compre AQUI).

Vamos nos preparar?
"Senta que lá vem a história..."

1 - Elementos essenciais de uma história
  
 Exemplo: Entrada de Jesus em Jerusalém (Mt 21,1-11)

Introdução

    É formada pelo bloco inicial da história, ou seja, parte preparatória que tem por objetivo: localizar o enredo da história no tempo e no espaço; apresentar os principais personagens da história e caracterizá-los.
     “No tempo em que Jesus caminhava em Israel, aproximou-se, com seus discípulos, de Jerusalém, a capital do país. Vinham de Jericó, onde havia curado dois cegos que estavam sentados à beira do caminho”.

Enredo

    É a sucessão de episódios que constituem a história, os conflitos que surgem e a ação dos personagens. É o corpo da narrativa e apresenta uma sequência ordenada, de modo a orientar o ouvinte e facilitar a tarefa do narrador. O enredo é parte essencial da narrativa.
     “Antes de entrar na cidade, Jesus enviou dois de seus discípulos, dizendo-lhes: "Vão à aldeia que está adiante. Vocês encontrarão uma jumenta amarrada e, com ela, um jumentinho. Desamarrem os animais e tragam aqui. Se alguém perguntar qualquer coisa, dizendo que o Senhor precisa deles e sem demora os devolverá".

2ª Apostila

Já está quase pronta a 2ª apostila com sugestões para grupinhos de oração! Aproveitando o Tempo Pascal, nesta apostila os temas são:

1 - Ressurreição (Páscoa)
2 - Jesus a Tomé: não sejas incrédulo!
3- Apascenta as minhas ovelhas!
4 - As minhas ovelhas ouvem a minha voz



Última Ceia para colorir


17 de mar de 2016

Conselho Nacional da RCC convoca carismáticos a uma grande intercessão pelo país

Prezados irmãos em Cristo Jesus,
Paz!
Estamos vivendo tempos difíceis e assistimos nosso país envolto em uma crise política, econômica, de valores e tantas outras. De qualquer maneira, o dia 16 de março de 2016 seguramente passará para a História do Brasil. Talvez seja lembrado como o dia em que um único ato de governo transformou-se em estopim capaz de mobilizar manifestações organizadas tão rápido quanto um lava-jato.
De fato, não é diferente entre nós carismáticos. Com os últimos acontecimentos políticos noticiados pela imprensa brasileira, a indignação torna-se presente, uma forte inquietação suscita em muitos o desejo de protagonizar uma reação explícita e terminam por sugerir todo o tipo de mobilização aos líderes do Movimento. Neste contexto, é importante reconhecer que é lícito indignar-se com a corrupção e com toda mazela resultante do trato com a coisa pública. Contudo, é preciso recordar que pela fé acreditamos que não são as armas humanas que estão vencendo este combate – é Deus mesmo que se põe à frente abrindo caminhos.

A minha Alegria vem de Deus





MINHA ALEGRIA VEM DE DEUS

Autores: Fernanda Monteiro, Luiz Augusto Lourenço e Adriana Lourenço (Turminha Coração de Criança)

Introdução: G A Bm A G A D (A7 A7)

   D                               G
Meu coração está em festa
    Em                            A7
É tão grande esta alegria
      G                     D
Papai do Céu me ama
       G                   D
Papai do Céu é bom
      G                            E                         A
Papai do Céu me conhece e cuida de mim
   D                          A
Sou precioso pra Deus
                      Bm               A
A minha alegria vem de Deus
      G                           A                    D
E nada pode me separar do seu amor

     G           A
Então eu Canto, Canto, Canto, Canto, Canto
      Bm       A
Então eu Louvo, Louvo, Louvo, Louvo, Louvo
      G          A
Então eu Danço, Danço, Danço, Danço, Danço
             G            A          D
E me alegro em Ti Senhor
     
Então eu Corro, Corro, Corro, Corro, Corro
Então eu Grito, Grito, Grito, Grito, Grito
Então eu Pulo, Pulo, Pulo, Pulo, Pulo
E me alegro em Ti Senhor

10 de mar de 2016

Dinâmicas de quebra-gelo


O Helicóptero

Objetivo: apresentação e entrosamento.
Desenvolvimento: (duração 40 minutos).
Faz-se um círculo com os participantes da reunião.
O coordenador convida a todos a fazerem um passeio de barco a remo. Inicia-se o passeio. Todos devem fazer gestos com os braços, como se estivessem remando. O coordenador anuncia a chegada à ilha. Todos podem passear por ela, à vontade (todos passeiam pela sala e cumprimentam o companheiro).
O coordenador anuncia a todos que houve um maremoto e a ilha vai se inundada. Por isso, virá um helicóptero para resgatar o grupo. Porém ele não comporta todos de uma vez. O grupo deverá organizar rapidamente seguindo as orientações.
a) O helicóptero chegou. Ele levará cinco pessoas.
b) O helicóptero voltou. Desta vez levará quatro pessoas, e estas devem ser estranhas umas das outras.
c) Nosso helicóptero deu pane no motor. Veio desta vez um menor. Só levará três pessoas e devem ser de comunidades diferentes. Quem não seguir orientação poderá ser jogado no mar.
d) O helicóptero está aí novamente. Vai levar quatro pessoas, devido o perigo de afogamento. Mas continua a exigência o grupo deve ser formado por pessoas que ainda não se conhecem.
e) O helicóptero não pode voltar mais. Acabou o combustível. Temos que sair de barco. Há uma exigência fundamental: levar uma pessoa desconhecida com quem não se conversou ainda.
f) Anuncia que todos foram salvos.

NOTA: Dá-se o tempo necessário para os grupos discutirem as questões. Elas podem ser como sugeridos abaixo ou pode-se elaborar outras de acordo com a realidade do grupo.
Sugestões para as questões:
Grupo de 5 - Seu nome, de onde vc é (cidade/paróquia) e o que faz (catequista, GOC, outros)
Grupo de 4 - Seu nome, de onde é e o que espera do encontro e o que gostaria que fosse abordado
Grupo de 3 - Seu nome, de onde vc é, Como se sente aqui? Porque veio?
Daí pode repetir a dinâmica pra que mais gente se conheça


Palavra de Deus: Jo 13, 34-35 Sl 133

Jogo comunitário

Material: uma flor.

Desenvolvimento: os participantes sentam-se em círculo e o animador tem uma flor na mão. Diz para apessoa que está à sua esquerda: senhor... (diz o nome da pessoa), receba esta flor que o senhor...(diz o nome da pessoa da direita) lhe enviou... E entrega a flor. A pessoa seguinte deve fazer a mesma coisa. Quem trocar ou esquecer algum nome passará a ser chamado pelo nome de um bicho. Por exemplo, gato. Quando tiverem que se referir a ele, os seus vizinhos, em vez de dizerem seu nome, devem chamá-lo pelo nome do bicho. O animador deve ficar atento e não deixar os participantes entediados. Quanto mais rápido se faz à entrega da flor, mais engraçado fica o jogo.

9 de mar de 2016

Mobilização Nacional de Oração – Março 2016

"Se meu povo, sobre o qual foi invocado meu nome, se humilhar, se renunciar ao seu mau procedimento, escutarei do alto dos céus, e sanarei sua terra. Doravante meus olhos estarão abertos e meus ouvidos atentos às preces feitas neste lugar". II Crônicas 7, 14-15

Irmãos, essa é a Palavra do Senhor pra nós nesse mês de março. Que cada um de nós reflita sobre o que Ele quer nos dizer enquanto servos de Deus, enquanto evangelizadores de crianças, enquanto cidadãos, pais, filhos, amigos... Como temos procedido em nossa vida? Temos nos humilhado diante de Deus, renunciado a nós mesmos, às nossas vontades, aos nossos "achismos"?  O Senhor nos promete estar atento aos nossos clamores, às nossas necessidades, mas nos coloca uma condição: a fidelidade! Que essa Palavra nos faça crescer!


O QUE É A MOBILIZAÇÃO:

mo·bi·li·zar
1. Pôr(-seem movimento. = MOVERMOVIMENTAR
2. Pôr(-seem .ação ou em uso. = .ATIVARENVOLVER
3. Incitar(-seà participação. = MOTIVARIMPULSIONAR

Todos que servem a Deus no Ministério para Crianças são CONVOCADOS a doar 1 hora do mês intercedendo pelo Ministério para Crianças, pelas crianças e por outras intenções que são colocadas a cada mês. 

Funciona assim: Cada estado é convocado a rezar uma hora (pelo horário de Brasília) de intercessão no dia 12 de cada mês. Por exemplo: em março o estado do Pará inicia a Mobilização à 0h do dia 12, Paraíba continua à 1h, Paraná segue às 2h, Pernambuco às 3h, até completarmos 24 horas de intercessão. No mês seguinte o estado adiantará em uma hora a sua mobilização. Sempre pelo horário de Brasília para não acontecer de ficar horários sem ninguém rezando. Durante a intercessão anotem as moções, visualizações e Palavras que o Senhor revelar. 

No dia 13 encaminhem para o seu coordenador(a) estadual ou diretamente para o e-mail: paula_generoso@yahoo.com.br, faremos um único relatório do dia da Mobilização e encaminharemos para o núcleo nacional do Ministério.

COMO REZAR:

8 de mar de 2016

Lembrancinha para Páscoa Jesus Ressuscitado



Pessoal, a Carol Zabisky, da Comunidade Beatitudes, nos presenteou com esse kit imprimível pra gente colocar docinhos e presentear as crianças na Páscoa! Ela tem outros kits maravilhosos no Atelier Mãos de Maria, eu sempre compro! 
Visite a loja, tem coisas lindas demais pra os pequenos lá!

O kit tem as artes de rótulo de Bis, de cone e de solapa (fecha saquinhos). Para baixar acesse o link abaixo, imprima, prepare as lembrancinhas e faça a alegria da criançada!


7 de mar de 2016

Sobre o coelhinho da Páscoa


Irmãos, vejo que muitos católicos "entram na onda" dos nossos irmãos separados e desdenham da figura do Coelho da Páscoa. No entanto, a Igreja Católica não destrói e nem desfaz da figura do coelho, pois ele simboliza FERTILIDADE  e VIDA!

O Coelho da Páscoa representa a figura da própria Igreja, que pelo poder de Cristo, é fecunda em sua missão de propagar a Palavra de Deus a todos os povos.


Foi escolhido como símbolo da RESSURREIÇÃO no comecinho do cristianismo, por santo Ambrósio. Tanto o coelho quanto a lebre tem muitos filhotes, assim como somos muitos os filhos adotivos de Deus Pai a partir da ressurreição de Jesus. A lebre muda de cor de acordo com a temporada, santo Ambrósio comparou com a tristeza da morte (cinza) que muda para a vida (colorida). Viram que coisa linda!


Precisamos CONHECER para AMAR o que a Igreja ensina!

Que tal a gente fazer pegadinhas de coelho, explicar seu significado e fazer com que as crianças sigam essas pegadas, mas ao invés de encontrarem um ovo de chocolate escondido, encontrarão uma imagem de Jesus ressuscitado? E aí cantamos a música da tia Zalita que postei ontem ou essa do CD Tempo de Cantar da Canção Nova - Páscoa de Jesus (https://www.youtube.com/watch?v=RaS6Hlz21L8&feature=share)
Vai ser maravilhoso!


PÁSCOA DE JESUS

A Páscoa de Jesus vamos cantar!
Com muita alegria celebrar!
Venceu a morte e a dor
Ressuscitou! Glória e louvor
Ao Rei dos rei, Jesus nosso Senhor!

A Páscoa é muito mais que ovo,
Chocolate e coelhinho
Ela é a vitória de Jesus
Que nunca nos deixou sozinhos!


6 de mar de 2016

Música para Páscoa




GOC Querigma da misericórdia: Jesus Salvador

Responsáveis: Daniela Lopes/ Graziela - Uberlândia - MG

Bom, pessoal, essa semana o tema é Jesus misericordioso. Quero partilhar que ao escrever a pregação comecei a chorar e a experimentar o amor de Deus. Que cada criança possa também experimentar esse amor.

Acolhida: Acolher as crianças com alegria. (Pode colocar imagens de Jesus com as crianças enfeitando o lugar do grupinho). Vejam crianças nesta noite Jesus quer nos abraçar, brincar conosco, nos ouvir... Cada criança pode se aproximar da imagem que mais gostou e partilhar por que gostou? O que chamou a atenção? Depois da partilha cada um reza um Pai Nosso. 



Louvor: (mostrar imagens de vela) Vocês sabem o que é isso? São velas. Pra que servem? Pra iluminar. No escuro dá pra gente encontrar o caminho? (pode pedir que todos fechem os olhos e tentar achar um objeto escondido) É possível encontrar o caminho sem luz? Não. Jesus é a nossa luz, ele é nosso caminho, nossa salvação. (Cada criança escolhe uma das imagens de velas e louva a Jesus pelo que Ele faz em sua vida que demonstra luz. EX: Jesus eu te louvo por que foi luz pra mim numa cirurgia, na escola...) 



Efusão: Onde podemos ser luz para nosso irmão? Em casa? Como? Na escola? Como? (deixar que falem e deem sugestão de como ser bom com o outro). Vamos pedir que o Espírito Santo nos ajude a sermos bons? 



†Jesus Salvador
Reflexão para o pregador - No horizonte da misericórdia Jesus viveu sua paixão e morte, ciente do grande mistério de amor que se realizaria na cruz. Não há nada em Jesus que seja desprovido de compaixão e misericórdia. Ele cura o cego por compaixão, ele multiplica os pães por compaixão, ele ressuscita Lázaro por compaixão, Ele morre na cruz por compaixão... Mas Deus, que é rico em misericórdia, impulsionado pelo grande amor com que nos amou, quando estávamos mortos em consequência de nossos pecados, deu-nos a vida juntamente com Cristo – é por graça que fostes salvos! (Ef 2,4)



Pregação
Material – Gota com imagem de Jesus misericordioso.
Estamos vivendo o ano da misericórdia e o tempo da quaresma. Tempo oportuno para vivermos e experimentarmos a misericórdia de Deus. Viver a misericórdia? Como assim? Deus é tão amoroso conosco que nos criou por amor e para vivermos esse amor. Ele nos criou na misericórdia para sermos misericordiosos com o outro. Deus chegou até nós por meio do seu filho Jesus que veio para nos ensinar como ser realmente a imagem do Pai. Nós, por meio do pecado, adquirimos uma dívida com Deus e Jesus veio para pagar essa dívida por nós pregando-a na cruz. Jesus viveu a vida humana em toda sua plenitude e riqueza e deu sentido à nossa existência.
Quando Jesus veio ao mundo tinha muita gente sofrendo, poderosos ficando cada vez mais ricos explorando os outros, tornando homens escravos. Então Jesus nasceu, cresceu e começou a semear amor. Ele amava os pobres, doentes, feridos. Ele incomodou os poderosos e então o que aconteceu? Ele foi condenado à morte. Mas condenado por que? Porque amava o povo. Porque não era servo do dinheiro. Porque não fazia distinção das pessoas. Ele foi obrigado a carregar uma cruz e caminhar por toda cidade carregando essa cruz até o calvário. Todos tinham que o ver ser humilhado pra que ninguém tentasse fazer o que Ele fazia. Assim Jesus começou a caminhada. Enquanto carregava era chicoteado, cuspido e humilhado. Então Ele caiu pela primeira vez. Estava ao chão. Ele podia ter ficado lá. Podia ter desistido, mas não o fez. Naquela cruz estavam nossos pecados, nossas misérias, nossa falta de perdão, nossas mentiras, orgulho. Ele precisava continuar. Sua misericórdia por nós é sem fim.
Ao longo do trajeto até o calvário sua mãe o acompanhava. Ela conseguiu então se aproximar dele. Sua presença deu força e coragem para que ele cumprisse sua missão. Ele continuou carregando em suas costas os nossos pecados. Mas ele estava cansado, abatido. Então Cireneu o ajudou a carregar a cruz. Foi bem rapidinha essa ajuda, só pra entendermos que aquela cruz nenhum homem poderia carregar. Era pesada demais. Ela levava todo peso do nosso pecado. Jesus ainda caiu mais duas vezes. E mesmo assim não desistiu. Ele precisava vencer o pecado. Ele precisava libertar cada um de nós. Ele queria nos salvar. Esse era seu objetivo. Ele tem por nós compaixão. Sabe que somos pecadores, que estamos presos ao dinheiro, à inveja e não ao amor ao próximo.
Como Jesus não desistiu, os soldados resolveram humilha-lo mais, arrancaram suas vestes. Jesus chegou então ao calvário e foi pregado na cruz. Lá de cima da cruz Ele olhou para nós e derramou sua misericórdia mais ainda. Primeiro pede a Deus: Pai perdoai-os, eles não sabem o que fazem. Depois, num imenso gesto de amor, olhou para Maria e disse: “Mulher, eis aí teu filho! Filho, eis aí tua mãe!”. É como se ele suplicasse: Mãe, olha por esse povo como olha pra mim. Incentiva e dá coragem a eles como a senhora fez por mim. Reza por eles como rezou por mim. Jesus é mesmo misericordioso. Ele estava prestes a morrer e sua única preocupação era conosco. Queria nos livrar do pecado e não queria que ficássemos sozinhos e desamparados.
Ali naquela cruz todo sangue e água do corpo de Jesus foi derramado. Aquela é a água da vida, Jesus a derramou para que nós tivéssemos vida e vida em abundância e aquele sangue era para que nós sentíssemos o seu amor. Jesus abomina todo o pecado, mas ele ama o pecador. Ele está de braços abertos nos esperando todos os dias para conversar, para contar das nossas dores, das nossas dificuldades, para nos acolher e nos amar, e nos perdoar. Precisamos querer todos os dias e sentiremos esse Deus vivo no meio de nós. Jesus misericordioso quer nos encontrar, você quer? (se tiver violão, ir solando uma música bem baixinho) Então feche seus olhos por um minuto, vamos pedir que ele venha passear em nosso meio, que ele venha nos tocar, nos abraçar, curar nossas feridas. Vamos sentir o seu amor. (deixar tocar uma canção e enquanto isso você pode tocar as crianças, abraçar... procure manter os olhos fechados e a musica tocando). Amém. Jesus é mesmo maravilhoso!








GOC Querigma da misericórdia: Pecado

Responsáveis: Daniela Lopes/ Graziela - Uberlândia - MG

Acolhida: (Vamos usar um flanelógrafo para acolher as crianças e auxiliar na oração inicial) Receba as crianças com alegria, abrace-as, pergunte da semana, pergunte quem está fazendo as orações e o exercício das obras de misericórdia... Cante uma canção bem animada. Em seguida usando o flanelógrafo faça a oração de entrega e cada criança que se colocar na presença de Jesus cola uma peça no flanelógrafo e reza uma ave Maria.



Efusão: Após a acolhida convide-os para cantar a musiquinha Sai pecado (Cantinho da Criança). Vejam o que acabamos de cantar? Sai pecado e não pega no meu pé. Quem nos ajuda a sair de perto do pecado e nos aproximar de Deus? O Espírito Santo. No grande jardim de Deus somos suas florzinhas, coloridas e perfumadas. Mas vejam só: no meio da flor quem está? O Espírito Santo. Ele deve nos conduzir, nos preencher. Então vamos pedir que ele nos ajude a escolher o bom caminho, que nos encha do seu amor, dos seus dons? Conduzir a oração de efusão.

 


Louvor: O louvor nos aproxima de Deus. É por ele que elogiamos nosso Deus, engrandecemos e bendizemos esse Deus de amor. (pode levar muitas figuras retiradas de revistas, imagens bonitas de natureza, animais, pessoas e feias como árvores mortas, escuridão). Coloque as figuras no chão. Cada criança vai escolher uma que lhe chamar a atenção e vai louvar usando a mesma.



†Pecado

Reflexão para o pregador - Somos pecadores. Erramos muitas vezes em nosso caminho. Esquecemos que somos a imagem de Deus e xingamos, falamos palavrões, agredimos as pessoas que amamos, colamos nas provas... Perante a gravidade dos nossos pecados Deus responde com a plenitude do perdão. A misericórdia será sempre maior do que qualquer pecado, e ninguém pode colocar um limite ao amor de Deus que perdoa.

Material – Gota com uma montanha preta representando o pecado e outra maior representando a misericórdia. Dentro das montanhas um coração com Jesus e uma criança.


Pregação

Boa noite amiguinhos. Hoje quero falar de uma coisa muito importante pra vocês... Mas antes vamos brincar de imaginar. Quero que você imagine um lugar bem bonito. Nesse lugar tem muitas árvores, muitas flores, as flores são bem coloridas. Ela tem muitos tamanhos diferentes e um perfume maravilhoso. Tem borboletas e pássaros também. Esse lugar é bem bonito não é? Você pode vê-lo de longe. Pode sentir seu cheiro. Pode até se refrescar debaixo das árvores ou entrando na água que corre neste lugar. Agora sente debaixo da árvore. Imagine que colocaram uma pedrinha na sua frente. Ela tampou a paisagem? Não. Com certeza não porque ela é pequena, mas sem você perceber ela está crescendo. E cresceu mais um pouquinho... é como se ela fosse uma montanha. Ela ficou bem grande agora. O que você está vendo? Só a montanha. Dá pra ver as flores? Não. Dá pra sentir o cheiro? Não. O jardim saiu do lugar? Não. A montanha é que impede você de ver o belo jardim não é mesmo.

Pois é. Somos como esse jardim. Deus nos criou com todo amor e colocou em nós o seu cheiro e a sua imagem. Lá em Gênese diz que Deus criou o homem à sua imagem e semelhança. Fomos criados para exalar o perfume de Deus, fomos criados por amor e para o amor. Cada detalhe nosso foi sonhado por Deus. Por isso somos assim cada um diferente do outro. Como as flores com cores, tamanhos e perfumes diferentes. Mas às vezes esquecemos disso e deixamos o pecado agir em nossa vida. Quando ele aparece vem de mansinho. Como se fosse aquela pedrinha que vai tampando o brilho de Deus em nós e às vezes ele cresce até ser essa montanha que esconde tudo que existe de Deus em nós. Deixamos de exalar o perfume do amor. Deixamos de olhar o próximo com amor e misericórdia. Deixamos de acolher o irmão. Deixamos de perdoar. Passamos a guardar mágoas e rancor dentro de nós. Nos tornamos tristes.
Mas mesmo diante da montanha o jardim mudou de lugar? E nós diante do nosso pecado deixamos de ser filhos de Deus? Deixamos de ser amados de Deus? Não. Deus é tão misericordioso que se dermos um espaço poderemos deixar Ele derramar sua misericórdia e mandar essa montanha do pecado para bem longe de nós, jardins maravilhosos de Deus. Não vemos, mas podemos sentir a misericórdia de Deus, que é maior que qualquer pecado. Não há limites para o perdão. Jesus sempre nos perdoa. Jesus nos acolhe, nos ama, nos lava desse pecado. Mas pra isso precisamos reconhecer o nosso pecado, arrepender de te ló cometido e pedir perdão. Quem aqui acredita que é um filho amado de Deus? Quem acredita que tem o cheirinho mais gostoso de Deus? Quem aqui já cometeu um pecadinho? Não precisa responder... quem as vezes já mentiu, desobedeceu o papai e a mamãe, ficou com raiva, brigou com o irmãozinho? Vamos pedir pra Jesus nos lavar de todo pecado, tirar toda essa sujeira do pecado de dentro de nós? (Conduzir uma oração de perdão).