26 de dez de 2015

Pregação para o 1º Grupinho do ano

Agradeço aos irmãos Robson Landin e tio Gil que me ajudaram na preparação dessa pregação!


“Eis que eu estarei com vocês todos os dias, até o fim do mundo”.
Mateus 28, 20


Material: - Uma caixa de presente com as palavras: Amor, Paz, Perdão, Misericórdia, Graça, Consolo, Salvação, Alegria, Fé, Sustento…
- Uma lista em cartolina com as palavras: Orar , Estudar, Ajudar, Semear a Paz, Respeitar, Participar, Compartilhar, Ler, Desconectar, Fazer amizade
- Figuras do Menino Jesus na manjedoura, de Papai Noel, de Nossa Senhora e dos 3 Reis Magos


Pregação: Papai Noel foi embora e só volta no próximo Natal (guarde a figura de Papai Noel).
O Papai Noel vai embora, o Menino Jesus não (mostre a figura de Jesus na manjedoura)! Ele fica conosco todos os dias do ano!
Os presentes que Papai Noel traz acabam, estragam, quebram…. Os presentes que o Menino Jesus traz pra nós são verdadeiramente valiosos e duram pra sempre: paz, amor, fé, alegria, consolo, graça, perdão, misericórdia (vá tirando as palavras da caixa)... O verdadeiro significado do Natal é esse: Deus eterno e todo poderoso se fez homem para morrer na cruz e nos salvar! Nasceu de uma Virgem chamada Maria (mostre a figura de Maria), uma menina, uma adolescente que, mesmo sem entender, confiou na Palavra do Senhor e se entregou à Sua vontade.

Depois que Jesus nasceu vieram  3 reis do Oriente visitar Jesus e trouxeram presentes pra Ele (mostre a figura dos reis): Ouro pra lembrar que Jesus é REI, incenso pra lembrar que Jesus é DEUS e mirra (uma erva muito amarga) pra lembrar que Jesus é o SERVO SOFREDOR. E você, o que você quer dar de presente pra Jesus? Vamos fazer um compromisso com Ele hoje? Aqui tem uma lista de alguns presentes que você pode dar pra Jesus, veja quais você quer fazer esforço pra viver nesse ano (mostre a lista e explique cada compromisso): Orar (rezar todos os dias, rezar com a família pelo menos uma vez por semana, ter um cantinho de oração), Estudar (se esforçar pra ser bom aluno(a), fazer as lições sem reclamar), Ajudar (ajudar em casa arrumando a cama, guardando suas coisas… Ajudar os amigos a fazer algo que não conseguem fazer sozinhos), Semear a Paz (não brigar com os irmãos, nem com os colegas, perdoar, falar coisas boas,
falar de Jesus, contar histórias dos santos, contar o que aconteceu no grupinho), Respeitar (não falar palavrão, não xingar os outros, obedecer os mais velhos), Participar (ir à Missa e ao Grupinho de Oração com mais devoção/dedicação), Compartilhar (dar aquilo que está em bom estado e você não usa mais), Ler (a bíblia e a Vida dos santos, que são grandes amiguinhos do Céu), Desconectar (passar menos tempo no celular, no vídeo game e no computador para estar mais com o Papai, a Mamãe e os irmãos), Fazer amizade (sair do Facebook e do WhatsApp pra fazer amizades de verdade, dividindo as dificuldades, contando histórias, desenhando, pintando, cantando, rezando)

Jesus prometeu que ficaria com a gente até o fim do mundo e Ele cumpre suas promessas! Com certeza esses presentes que vamos Lhe dar farão com que a gente fique mais próximo Dele e assim nós também vamos ganhar todos os dias os presentes que Ele tem pra nós todos os dias e então será Natal o ano todo!
Atividade:

Você pode imprimir a pregação AQUI

25 de dez de 2015

23 de dez de 2015

Perguntas e respostas sobre o Natal com D. Henrique Soares da Costa

D. Henrique Soares da Costa é bispo da Diocese de Palmares/PE e publicou uma série de perguntas e respostas sobre o Natal em sua página do Facebook. Estou postando aqui porque achei muito importante sabermos dessas orientações.

Que significa celebrar o Natal?
Significa celebrar NA LITURGIA, memorial do culto cristão, instituído por Jesus nosso Senhor, o mistério e a graça da Sua piedosa Vinda, da Sua graciosa Manifestação na nossa natureza humana e no nosso mundo, cumprindo as promessas feitas por Deus a Israel.

Que é esse MEMORIAL instituído pelo Senhor?

No Israel da Antiga Aliança, toda a obra salvífica do Senhor era celebrada anualmente nas festas instituídas pelo Senhor Deus: a Páscoa, Pentecostes, as Tendas, o Kippur, a Dedicação do Templo...
Tudo isto preparava para o Cristo nosso Senhor.
Ele veio, realizou a salvação e na noite em que foi entregue instituiu o Sacramento do Seu Corpo e do Seu Sangue, Memorial sagrado de tudo quanto Ele fez por nós, cumprindo tudo quanto Deus havia prometido.
Assim, no Sacramento da Ceia, no santo Sacrifício Eucarístico, toda a salvação torna-se presente: a criação do mundo, a história santa do antigo Israel, os atos e gestos salvíficos do Senhor, as graças dadas aos cristãos, a vida da Igreja e até mesmo a Sua Vinda no final dos tempos.
NA LITURGIA, pela força potente do Santo Espírito do Cristo imolado e ressuscitado, tudo, tudo absolutamente, em Cristo Senhor, torna-se contemporaneamente, simultaneamente presente, de modo que, para um cristão, celebrar os santos mistérios litúrgicos é entrar realmente e verdadeiramente em contato com o Mistério da nossa salvação e com cada um dos mistérios especificamente.
NA LITURGIA, toda a obra da salvação é-nos dada realmente: "Fazei isto em memória ( = memorial, zikaron, isto é, celebração ritual, eficaz e presentiiacante ) de Mim!"
O Natal é, então, celebração do quê?

É real e verdadeira celebração da Manifestação, da Vinda do Senhor na nossa carne mortal.
Celebrar a Eucaristia no Natal é tornar realmente presente sobre o Altar como oferta ao Pai no Espírito Santo o Cordeiro imolado e ressuscitado no Qual tudo, absolutamente tudo da nossa salvação se encontra presente!
Cristo é tudo, resume tudo, sintetiza tudo, atrai tudo, realiza tudo! Nele, eucarístico, está a criação do mundo,
Nele, toda a história de Israel,
Nele o Natal,
Nele a Páscoa,
Nele a vida da Igreja,
Nele a Glória dos santos,
Nele o Dia Final, na consumação de tudo!
Cada mistério da nossa fé que celebramos na Liturgia coloca-nos realmente, verdadeiramente em contato com a graça que nos veio daquele mistério.
Quem celebra as Eucaristias do tempo sagrado do Natal entra em contato real com a graça da Vinda do Salvador!
Este é um luxo, uma graça, uma elegância de Deus que somente recebe quem participa da Liturgia e só na Liturgia é dado!
O Natal é aniversário de Jesus?

De modo algum!
Jamais a Igreja pensou numa coisa dessas!
Na Liturgia não se diz: Jesus nasceu há 2000 anos! Diz-se: "Hoje nasceu para vós um Salvador: Cristo, o Senhor!"
A Liturgia, na potência do Espírito, coloca-nos no HOJE de Deus, coloca-nos em contato direto com a graça salvífica do acontecimento que, ocorrido uma vez por todas no passado, torna-se eternamente presente na Glória do Céu, em Cristo, único e eterno sacerdote, que na Tenda eterna do Céu ministra a Liturgia eterna que torna-se presente sobre o Altar da Igreja!
No Natal nunca, de modo algum, por motivo algum, deve-se cantar "Parabéns" para Jesus! Seria algo totalmente contrário ao significado do Natal cristão!
Cristo nasceu no dia 25 de dezembro?

Não, com certeza. E os cristãos sempre souberam disso!
Desde o início, esta festa é celebrada em datas diferentes pela Igreja no Oriente e no Ocidente: no Oriente, a 6 de janeiro; no Ocidente, a 25 de dezembro.
Eis os motivos do 25 de dezembro:
Segundo antigas tradições, o mundo teria sido criado no dia 25 de março. Neste dia também se celebrava a Festa da Anunciação de Gabriel à Virgem Maria, início da recriação de todas as coisas em Cristo: Ele, vindo ao nosso mundo no seio da Virgem, recriou o mundo envelhecido e caduco pelo pecado. Assim, o 25 de dezembro ocorre nove meses após a celebração da concepção.
Mas, há outro motivo. Depois de o cristianismo já ter se espalhado no Império Romano e os imperadores terem aceitado a fé cristã, surgiu um que apostatou da fé e quis restaurar o paganismo em Roma: Juliano, o Apóstata! Ele fez o possível para restaurar a festa do deus Sol Vencedor em Roma, que ocorria no dia 25 de dezembro, solstício do inverno. Exatamente a época em que o sol começa a ficar mais forte e fazer os dias começarem a ficar mais longo, vencendo o frio e as trevas do inverno. Esta seria a vitória do deus sol sobre as trevas!
Os cristão reagiram fortemente, celebrando aí não o deus sol, mas o verdadeiro Sol da justiça, Luz do Alto que nos veio visitar, vencendo as trevas da idolatria, do pecado e da morte! O verdadeiro Sol Invicto é o Cristo nosso Deus, que vindo à nossa terra, tudo iluminou com a Sua piedosa Manifestação.
Assim, a data do Natal estabeleceu-se de vez no século IV para toda a Igreja do Oriente e do Ocidente. No dia 6 de janeiro, a Igreja passou a celebrar a Epifania do Senhor. Mas, isto é outra história...
Seria realmente errado ver o Natal como aniversário de Jesus?

Totalmente.
1. Comemora-se o aniversário contando os dias de acontecimentos ou pessoas neste tempo. Jesus é o Senhor, entrou na Eternidade, é Senhor do tempo; não mais está preso ao nosso tempo, mas preenche todos os tempos: "A Ele o tempo e a eternidade˜!" - diz a Igreja na Vigília Pascal.
2. Comemora-se o aniversário de alguém para festejar sua entrada nesta vida. Jesus entrou nesta vida, neste mundo, por humilhação, por esvaziamento de Si mesmo: sendo rico fez-se pobre, sendo Deus fez-Se homem, sendo Senhor fez-Se servo para nos salvar. Na verdade o nascimento de Jesus segundo a carne é um gesto de humildade e humilhação por amor!
3. O nascimento definitivo para um cristão é o nascimento para a Glória: dos santos, celebra-se não o dia do nascimento para este mundo, mas o Die Natalis para o Céu, o dia da morte para este mundo.
4. E o mais importante: NENHUMA celebração da Liturgia é de aniversário; nunca é uma recordação do passado que ficou lá trás, mas é um torna-se realmente presente de um fato ou evento salvífico que se torna atual e atuante na vida dos que celebram os santos mistérios na Liturgia. É uma pena que a deficiência de catequese tenha feito os cristãos perderem isto, que no início da Igreja era claro para todos os filhos da Igreja!

Desenhos de Natal para colorir



21 de dez de 2015

Vaticano lança site para explicar às crianças ensinamentos do Papa

FONTE: Canção Nova Notícias

Página está disponível em cinco idiomas e utiliza uma linguagem simples, ilustrações e vídeos

Da redação, com Zenit
papa_criancas1
Página quer levar às crianças ensinamentos do Papa Francisco / Foto: Reprodução site
O Pontífico Conselho para as Famílias lançou neste mês uma página específica para crianças –www.familia.va – , para explicar os ensinamentos do Papa Francisco.
A página, disponível em cinco idiomas, inclusive o português, utiliza muitas ilustrações com desenhos de crianças.
O conteúdo é variado, com destaque para a apresentação do ciclo de catequeses do Papa Francisco sobre a família, com uma linguagem simples e textos curtos, e vídeos com as crianças que participaram do Encontro Mundial das Famílias na Filadélfia.
papa_criancas
Catequese do Papa é traduzida com uma linguagem simples e muitas ilustrações / Foto: Reprodução site
No próximo domingo, 27, a Igreja celebra em todo o mundo o Jubileu das Famílias, que terá início com uma Missa presidida pelo Santo Padre, na Basílica de São Pedro, no Vaticano.
Também, ao meio-dia, Francisco rezará o Ângelus acompanhado por canções natalinas cantadas pelo coro de crianças das Associações de Famílias numerosas e várias entidades de Roma.

18 de dez de 2015

Apresentação de Natal GOC Bom Pastor

Fotos da nossa apresentação de Natal. Pena que foram poucas crianças nesse dia. Cantamos a música da Turminha Coração de Criança - Preparar o Coração. Depois o Lucas falou sobre o verdadeiro sentido do Natal. Ele disse para o povo: imaginem você fazer uma festa de aniversário, convidar as pessoas e quando seus convidados chegam não lhe cumprimentam e nem levam presentes pra você... Talvez seja assim que Jesus se sente... Vamos dar o nosso coração de presente pra Jesus nesse Natal. 









Lindo, né?

7 de dez de 2015

Mobilização Nacional de Oração - Dezembro 2015

A paz do Menininho Jesus!

Neste mês  que a liturgia, a festa, a vida realça a infância gostaria que mos mobilizassemos enviando aos coordenadores da RCC todas as maravilhas que Deus tem feito através do Ministério para Crianças.  Fotos, relatório de atividades, testemunhos de crianças , pais e servos.
Vejo nos meios de comunicação o tanto que os servos têm trabalhado e dedicado a esta obra de Deus. 

Advento  podemos também partilhar nossos sonhos para 2016. Unamos esforços para realmente fazer acontecer a alegria de ter um GOC em cada GO.
Leiam as promessas do Menino Deus para o MC em 2016  no  Sl 37/36. Confia no Senhor e faze o bem e sobre a terra habitará em segurança. 

Feliz Natal! Feliz 2016!

Hyde Flávia

Mobilização Nacional de Oração


É Advento, tempo de preparar nosso coração para a vinda do Senhor!

MAS O QUE É ADVENTO?
Alguma coisa a ver com “vento”? Nada a ver com vento, mas tudo a ver com a “há de vir” ou vinda do Senhor. Ele veio uma primeira vez humilde e desconhecido, nasceu, cresceu, morreu  e ressuscitou e de novo há de vir, mas glorioso. A segunda vinda do Senhor será solene, virá na glória do Pai com os santos anjos, com todos os santos, com grande poder e majestade.
Jesus virá! Esta é uma certeza! “E de novo há de vir, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim.” (Credo Niceno-Constantinopolitano)
Logo, Advento é tempo de esperar, assim como Nossa Senhora, grávida, esperou o nascimento do Menino Jesus, nós esperamos Sua vinda.
Que esse seja o tempo que nos preparará para comemorarmos o aniversário de Jesus e renovarmos nossa esperança feliz e certa na volta do Senhor! Vem Senhor Jesus!!!

Relembrando a dinâmica da Mobilização: Cada estado é convocado a participar de uma hora (pelo horário de Brasília) de intercessão no dia 12 de dezembro, intercedendo pelo ministério e por toda Renovação Carismática Católica. Por exemplo: em dezembro Pernambuco inicia à 0h, depois Piauí continua à 1h, Rio de Janeiro às 2h… No mês seguinte o estado adiantará em uma hora a sua mobilização. Não deixe o outro fazer a sua parte. VOCÊ É IMPORTANTE!

Durante a intercessão anotem as palavras e as visualizações que o Senhor revelar e no dia 13, que sucede ao dia da intercessão encaminhem para o e-mail: paula_generoso@yahoo.com.br faremos um único relatório do dia da Mobilização Nacional e encaminharei para o Núcleo Nacional do Ministério para Crianças.

INTENÇÕES:
1) Pela Renovação Carismática Católica do Brasil e todos seus projetos
2) Pelos Conselhos Nacional, Estadual e Diocesano com todos seus projetos e eventos
3) Pelos Ministérios e seus projetos e eventos
4) Para que a meta de um Grupo de Oração de Crianças em cada Grupo de Oração de adultos até o final de 2016 seja alcançada
5) Para que os projetos do Ministério para Crianças sejam implantados em todas as dioceses

COMO REZAR?

- Sinal da Cruz

- Creio

- Invocação do Espírito Santo


- Ato de União da Beata Elena Guerra: "Senhor Jesus, derrama o teu Espírito à minha alma: batiza-me mais uma vez no teu sangue, associa-me à tua oblação eucarística no tabernáculo e enriquece-me de graças sempre maiores, sobretudo infundi-me o dom da oração verdadeira e perseverante.
Doa-me um coração novo, purificado pelo Vosso Amor, onde os afetos Vos sejam agradáveis: visita, Senhor, este meu pobre coração e transforma-o em um vaso de eleição.

Corrige as minhas intenções, para que não sejam viciosas ou muito humana, e faz que as minhas ações sejam conforme à Vossa vontade.
Torna-me semelhante a Vós na paciência, para que eu suporte os sofrimentos e as dificuldades junto de Vós.
Faz que eu fale Senhor, agindo conforme o Vosso Espírito: que as minhas palavras Vos glorifiquem e sejam úteis ao bem espiritual do meu próximo.
Entrego, enfim, a Vós, todo o meu ser, para que, mediante o Vosso Espírito, o plasme, o renove, o transforme, configurando-o plenamente a Vós".

- Intercessão profética pelas intenções

HORÁRIO DE BRASÍLIA
ESTADO (S)
0h às 1h
Pernambuco
1h às 2h
Piauí
2h às 3h
Rio de Janeiro
3h às 4h
Rio Grande do Norte
4h às 5h
Rio Grande do Sul
5h às 6h
Rondônia e Roraima
6h às 7h
Santa Catarina
7h às 8h
São Paulo
8h às 9h
Sergipe e Tocantins
9h às 10h
Acre
10h às 11h
Alagoas
11h às 12h
Amapá
12h às 13h
Amazonas
13h às 14h
Bahia
14h às 15h
Ceará
15h às 16h
Distrito Federal
16h às 17h
Espírito Santo
17h às 18h
Goiás
18h às 19h
Maranhão
19h às 20h
Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
20h às 21h
Minas Gerais
21h às 22h
Pará
22h às 23h
Paraíba
23h às 24h
Paraná

6 de dez de 2015

10 perguntas essenciais sobre o Ano Santo da Misericórdia

FONTE: ALETEIA
No próximo dia 8 de dezembro, festividade da Imaculada Conceição, o Papa Francisco abrirá a Porta Santa na Basílica de São Pedro de Roma, ao mesmo tempo em que serão abertas as portas santas de todas as dioceses do mundo, para que todos possam viver o Jubileu.

Apresentamos, a seguir, 10 perguntas essenciais sobre como viver o Ano Santo, de acordo com a bula papal “Misericordiae vultus” (MV), com a qual o Papa convocou este jubileu.
1. O que é um Ano Santo ou Jubileu Extraordinário?
Na tradição católica, o Jubileu é o ano que a Igreja proclama para que as pessoas se convertam em seu interior e se reconciliem com Deus, por meio da penitência, da oração, da caridade, dos sacramentos e da peregrinação, “porque a vida é uma peregrinação e o homem é um peregrino” (MV 14).
Em todos os anos santos é possível ganhar indulgências, graças especiais que a Igreja concede e que podem ser aplicadas à remissão dos próprios pecados e suas penas, ou também aos defuntos que estão no purgatório.
O lema deste Ano Santo é “Misericordiosos como o Pai”, e a principal intercessora do Jubileu é Nossa Senhora de Guadalupe, Mãe de misericórdia.
A cada 25 anos, a Igreja celebra um Ano Santo Ordinário. O próximo será em 2025. Fora dos anos santos ordinários, a celebração do Ano Santo é “extraordinária”.
2. Por que este Ano Santo é o da misericórdia?
O Papa quis que o tema fosse a misericórdia para nos unir mais ao rosto de Cristo, no qual se reflete a misericórdia do Pai, que é “rico em misericórdia” (MV 1). A misericórdia é superior à justiça. Deus é justo, mas vai muito além da justiça, com sua misericórdia e seu perdão. E é isso que podemos vivenciar neste Ano Santo.
3. Quando começa e quando termina este Ano Santo?
O Ano Santo começa no dia 8 de dezembro de 2015, com a celebração dos 50 anos do final do Concílio Vaticano II, e termina na festa de Cristo Rei, em 20 de novembro de 2016, o último dia do ano litúrgico.
4. O que o Papa pede que façamos?
O Papa Francisco insiste na iniciativa “24 horas para o Senhor, que desejo que seja celebrada em toda a Igreja”, entre a sexta-feira e o sábado antes do 4º domingo da Quaresma, porque “é expressão desta necessidade da oração”.
Além disso, ele aconselha que pratiquemos as obras de misericórdia, além de viver intensamente a oração, o jejum e a caridade na Quaresma (MV 17); também recomenda que nos confessemos, para poder receber melhor as graças do ano jubilar. E que cada um realize uma peregrinação, de acordo com suas capacidades, para atravessar a Porta Santa.
5. É preciso ir a Roma para atravessar a Porta Santa e ganhar indulgências?
Não. Você pode ir à catedral da sua diocese ou às igrejas e basílicas destinadas a isso. Em cada diocese haverá uma Porta Santa e, cruzando-a, você ganhará as indulgências do Ano Santo (quando a peregrinação for acompanhada de confissão, comunhão no dia da peregrinação, um ato de fé – recitação do Credo – e uma oração pelo Papa).
6. O que são as obras de misericórdia?
Existem 14 obras de misericórdia, 7 espirituais e 7 corporais.
Obras de misericórdia corporais:
1-Dar de comer a quem tem fome;
2-Dar de beber a quem tem sede;
3-Vestir os nus;
4-Visitar os doentes;
5-Visitar os presos;
6-Acolher os peregrinos;
7-Enterrar os mortos.

Obras de misericórdia espirituais:
1-Dar bom conselho;
2-Corrigir os que erram;
3-Ensinar os ignorantes;
4-Suportar com paciência as fraquezas do próximo;
5-Consolar os aflitos;
6-Perdoar os que nos ofenderam;
7-Rezar pelos vivos e pelos mortos.

7. O que são e o que fazem os “missionários da misericórdia”?
O Papa Francisco anunciou que enviará padres em todas as dioceses, chamados “missionários da misericórdia”, os quais poderão celebrar missões pregadas nas paróquias e despertar o chamado à misericórdia. Além disso, poderão perdoar pecados muito grandes, como crimes mafiosos, assassinatos cometidos para enriquecer, bem como o gravíssimo pecado da corrupção.
8. É necessário se confessar no Ano Santo?
Durante o Ano Santo, a reconciliação com Deus é vivida especialmente através do sacramento da confissão, muito unido ao da Eucaristia. É aconselhável confessar-se várias vezes ao longo do Jubileu, para experimentar mais profundamente a misericórdia de Deus.
9. Qual é a importância do Ano Santo no pontificado de Francisco?
O centro do pontificado do Papa Francisco é a misericórdia de Deus e, portanto, este ano jubilar é o cume do seu pontificado.
10. O Ano Santo é importante para outras religiões?
A misericórdia “ultrapassa os confins da terra” (MV 23); ela nos relaciona com o judaísmo, como se vê no Antigo Testamento, em que a misericórdia de Deus é evidente; também os relaciona com o islamismo, que atribui ao Criador os nomes de “misericordioso” e “clemente”. O Papa Francisco pede o diálogo com todas as “nobres tradições religiosas” do mundo.

4 de dez de 2015

Não faço nada mais que minha obrigação!

"Assim também vós, depois de terdes feito tudo o que vos foi ordenado, dizei: Somos servos como quaisquer outros; fizemos o que devíamos fazer." Lucas 17, 10



Dentro de uma mesma semana chegamos a 4.500 seguidores na fanpage e a 4.000.000 (4 milhões!!!) de visualizações no blog!
Pra mim é um grande presente, não porque isso me traga algum benefício financeiro ou prestígio, fama e muito menos me garanta um lugar no Céu... (porque não mesmo!) Mas porque quando criei esse blog não tinha nenhuma pretensão a não ser compartilhar com meus irmãos da Diocese de Limeira algumas ideias. Hoje ele atinge lugares que eu jamais imaginei! Conheci muitas pessoas que me edificam com seus testemunhos, com suas orações e afeição!
É pouco, comparado a outros blogs e fanpages, mas comemoro com muita alegria, pois o pouco que faço tem ajudado outros evangelizadores de crianças em seus trabalhos.
Quero continuar nessa missão – na medida das minhas limitações e muitos pecados – para a expansão do Reino de Deus na terra, principalmente entre as crianças.
À Maria Santíssima – Nossa Mãezinha Céu - a quem são consagrados estes espaços virtuais, o mérito por quaisquer bons frutos que deles advenham.
A Deus Paizinho toda glória, toda honra, todo louvor, todo merecimento e todos os elogios!
E a vocês que caminham junto comigo meus agradecimentos!
Preciso muito de suas orações!