6 de out de 2013

Dinâmicas

A PALAVRA QUE TRANSFORMA

Objetivo: Refletir sobre a importância de incorporar a palavra de Deus na nossa vida e não apenas lê-la desinteressadamente.
Número de Pessoas: Indiferente
Materiais: Uma bolinha de isopor
um giz
um vidrinho de remédio vazio
uma esponja
um recipiente transparente com água
Como Fazer: O animador convida os participantes a formarem um círculo, coloca o recipiente com água no meio da roda e distribui cada um dos materiais restantes para alguns participantes.
Em seguida combina-se que a água da vasilha representa a palavra de Deus e pede-se que a pessoa que estiver com a bolinha de isopor coloque-a na água. Observa-se que ela não afunda e não absorve a água. E nós?

Como absorvemos a Palavras de Deus? Somos também impermeáveis à Palavra?
A seguir a pessoa que estiver com o giz deve colocá-lo na água. Observa-se que ele absorve pouquíssima água e a retém só para si, sem repartir com ninguém.E nós?
Depois o participante que estiver com o vidro de remédio deve enchê-lo e a seguir despeja toda a água de que ele se encheu. Observa-se que o vidrinho tinha água só para “passar” para os outros sem guardar nada para si. E nós?
Por fim mergulha-se a esponja pedindo que o participante a esprema.
Observa-se que mesmo espremendo várias vezes a esponja, ela ainda retém água.
O animador deve conduzir a reflexão para analisar como assimilamos a Palavra de Deus em nossa vida, concluindo que devemos agir como a esponja, repartindo a Palavra de Deus com os outros, mas também vivendo a palavra.

A CEBOLA

Objetivo: Mostrar que a palavra de Deus, apesar de dura, ilumina nossa vida.
Número de Pessoas: Indiferente
Materiais: Uma cebola
Uma faca pequena
Tiras de papel.
Como Fazer: O animador forma um círculo com os participantes e distribuí uma tira de papel para cada um contendo uma frase forte da Bíblia, como:
• “Moisés, eu te envio para libertar o meu povo”;
• “Vai, vende tudo o que têm e dá aos pobres”;
• “amem seus inimigos”;
• “oferece a outra face a quem te bateu”;
• e outras.
Pega-se então uma cebola bem grande e bonita, ainda com casca. A cada frase forte que for sendo lida, o participante que leu tira uma casca da cebola. Provavelmente os participantes se sentirão incomodados por abrir a cebola.
Observações: O animador conclui que a cebola é como a Bíblia: para dar sabor à comida, precisa ser aberta e descascada (o que não é muito agradável). Assim, a Bíblia tem palavras duras que nos fazem sofrer, mas tornam nossa vida mais saborosa e saudável.


Um comentário:

  1. Bom dia, tia Paula!!! Gostaria muito que você colocasse mais dinâmicas de diferentes assuntos. Acho isso muito proveitoso pras crianças, melhor do que ficar lendo e falando e eles não entenderem nada. beijos.

    ResponderExcluir

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!